Quanto tempo dura em média um HD?

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

Em média, um HD de uso normal está projetado para durar entre 2 até 3 anos sob condições normais de uso. Se o seu dispositivo fica ligado ininterruptamente 24 horas por dia, isso irá diminuir drasticamente o seu tempo de vida útil.

HDs de uso empresarial (enterprise class) são projetados para terem a durabilidade como sua características principal. São muito mais  caros do que um HD comum, mas costumam durar tranquilamente 5 anos ou mais sem apresentarem problemas.

Aqui na E-Recovery já recebemos HDs empresariais SATA ou SAS que trabalharam mais de 8 anos sem apresentar problemas! Realmente, para equipamentos como servidores e storages que ficam ligados direto, a utilização deste tipo de HD poderá armazenar seus dados de uma maneira muito mais segura.

Qualquer HD em uso é essencialmente uma bomba-relógio. Vamos ser honestos: não é uma questão de se um HD irá falhar. É uma questão de quando e com sorte, você adiará isso o máximo possível. Em condições normais, isso levará alguns meses ou anos. E quando o HD parar de funcionar, esperamos que você tenha feito um backup dos arquivos do computador antes que isso aconteça. 

QUANTO TEMPO DURA UM HD?

A vida útil de um HD depende de muitas variáveis, como marca, tamanho, tipo e ambiente onde é utilizado.

Esta pergunta deve ser feita por todas as empresas e pessoas com dados valiosos. Poucos sabem que seu disco rígido irá falhar um dia. Para citar o livro de Chuck Palahniuk, Fight Club, “Em uma linha do tempo longa o suficiente, a taxa de sobrevivência de tudo cai para zero.” Ou seja, com tempo suficiente, todos os discos rígidos acabarão por falhar.

De modo geral, você pode confiar que seu HD SATA irá funcionar de três a cinco anos, em média. Um estudo que provou essa estatística vem da empresa de backup online Backblaze, que analisou as taxas de falha de 25.000 discos rígidos de seus equipamentos. 

Eles descobriram que 90% dos discos rígidos sobrevivem por três anos e 80% por quatro anos. Mas esse número varia entre as marcas. Os discos rígidos Western Digital e Hitachi duraram muito mais do que os da Seagate no estudo da Backblaze. 

Deve-se observar que o Backblaze usava HDs comuns que normalmente vêm com garantias de 12 a 36 meses. A duração da garantia, então, parece estar correta. Os discos rígidos de nível empresarial geralmente vêm com garantias de cinco anos ou mais.

COMO SABER QUANTO TEMPO MEU HD TEM DE USO?

Existem vários programas que você pode usar para comprovar que o HD que você comprou é realmente zerado, ou se você deseja saber por quanto tempo ele já foi utilizado. Um excelente software deste tipo é o HD TUNE que tem uma versão gratuita de testes.

O HD Tune é um programa que monitora os discos rígidos, analisando diversos aspectos do disco de forma gráfica e com uma interface simples que facilita a compreensão dos dados por qualquer usuário.

Todo HD possui um software de auto-diagnóstico chamado S.M.A.R.T. (Self-Monitoring, Analysis and Reporting Technology) que monitora parâmetros importantes para o bom funcionamento do HD. Muitos computadores nem irão iniciar se o HD estiver com problemas.

O item POWER ON HOURS COUNT indica a quantidade em horas que o HD foi energizado. Se você acabou de comprá-lo, ele deve estar zerado. Na figura acima podemos ver um HD que tem 16.449 horas de uso. Ou seja, 685 dias de uso ou aproximadamente 2 anos. Com esta informação em mente, você saberá se o disco já atingiu cerca de 2/3 de sua vida útil.

Você poderá aumentar o tempo de vida útil do seu HD com 5 medidas muito simples:

  1. Colocar o HD externo em uma superfície segura, evitando quedas acidentais.
  2. Comprar o HD em lojas com boa reputação.
  3. Evitar que o disco rígido trabalhe em altas temperaturas.
  4. Não fazer movimentações bruscas no notebook ligado.
  5. Use um no-break para evitar quedas súbitas na energia elétrica.

sintomas que seu hd está morrendo

 

Existem vários sinais sutis de que seu HD pode estar parando de funcionar ou já falhou completamente.

 Observe se o seu computador está apresentado um destes sintomas:

ACESSO LENTO AOS ARQUIVOS DO HD – Com o envelhecimento da mídia magnética, o acesso aos setores onde os arquivos estão gravados no disco rígido poderá ficar instável e lento. Nos casos mais extremos, a partição será perdida e ficará em modo RAW impossibilitando qualquer tentativa de leitura dos dados. O Windows poderá congelar e apresentar um tela azul de erro quando o próprio sistema operacional não puder ser mais carregado.

BARULHOS ESTRANHOS – Quando você ouvir algum som estranho vindo do seu computador ou notebook, mantenha-se atento. Fora o barulho normal do cooler ou da fonte de alimentação (PC Desktop), isso pode indicar que as cabeças de leitura/gravação foram danificadas. É o famoso ‘click da morte’ e você ouvirá clicks anormais ou um tec-tec vindo do seu HD. Certifique-se de desligar o disco rígido para evitar maiores danos. 

DADOS CORROMPIDOS – Quando o Windows começar a executar o utilitário CHKDSK com muita frequência, isso pode indicar que ele foi desligado abruptamente. Ou pode ser um sinal de que o HD está começando a apresentar bad blocks na mídia magnética que impedem o acesso aos arquivos. O Windows poderá apresentar erros ao tentar ler ou copiar um arquivo. Como medida preventiva, copie tudo que for possível para outro HD.

Como aumentar a vida útil do hd?

A vida útil média de um HD é de 3 a 5 anos em uso regular, e geralmente eles vem com uma garantia de 1 até 3 anos. Existem algumas coisas que você pode fazer para que um disco rígido dure mais. Você saberá por que os discos rígidos falham e como você pode aumentar a sua vida útil.

Os discos rígidos são dispositivos eletromecânicos sujeitos a desgaste. Eles têm uma vida útil esperada de acordo com o seu projeto e qualidade das peças usadas em sua fabricação. 

Os discos rígidos podem parar de funcionar por uma série de razões, as peças mecânicas podem se desgastar, os componentes eletrônicos podem se degradar, falhas durante a fabricação podem ocorrer, bem como danos causados por fogo, água ou queda acidental do seu HD externo.

Não há como saber por quanto tempo um disco rígido continuará funcionando. Mas há coisas que você deve ter em mente ao usar seu HD para garantir que ele tenha a melhor chance de sobrevivência. 

Mas com monitoramento ativo do seu HD, desfragmentação regular do disco e medidas de prevenção contra acidentes, pode-se aumentar significativamente a vida útil do disco rígido e evitar a perda de dados.

12 MANEIRAS DE AUMENTAR A VIDA ÚTIL DO SEU HD

1 – NÃO USE O HD O TEMPO TODO –  A vida média de um disco rígido é baseada no uso regular. Se a unidade não for muito utilizada, é provável que sobreviva muito mais pelo fato de passar a maior parte do tempo em repouso. Na verdade, você pode tratar a vida útil média como horas de operação e distribuí-la por um período muito mais longo. Um HD para consumidor costuma começar a falhar após 30.000 horas de uso.

2. NÃO DEIXE O HD PARADO – Se você decidir armazenar dados em um HD e não usá-lo regularmente, mas apenas quando quiser acessá-los, vale a pena carregar a unidade a cada 3-6 meses para garantir que não haja erros e que tudo esteja bem. Essencialmente é como um carro. Se você deixá-lo parado durante muito tempo, a gasolina pode perder a validade, os pneus podem ser deformar e o óleo pode não circular mais no motor.

3. USE O SEU HD APÓS UM PERÍODO DE TESTES – A vida média da maioria dos produtos eletrônicos se estabiliza após um período inicial em que pode apresentar problemas de fabricação. Ao usar a unidade por um período inicial de tempo, a vida útil da unidade aumentará até certo ponto. A partir daí, você pode usar a unidade por um período mais longo com uma quantidade maior de confiança nela, sabendo que é mais provável que ela falhe apenas por causa da idade.

4. MANTENHA A CALMA – Os discos rígidos usam uma fina película magnética em um disco giratório para armazenar dados. Qualquer movimento mais brusco, ou uma queda acidental, podem fazer com que a mídia entre em contato com as cabeças de leitura / gravação, danificando-as. Quando isto acontecer, o HD começará a fazer ruídos como clicks ou rangidos e irá parar de funcionar.

5. MANTENHA SEU HD SECO – Isso parece óbvio, mas até a umidade pode ter um papel importante aqui. A água em si não é extremamente corrosiva, mas os minerais na água são. E a umidade pode carregar esses minerais e danificar os contatos da placa lógica. Isso significa mais resistência e calor no contatos, aumentando a probabilidade de falhas. Por exemplo, no contato da placa lógica com o motor do HD.

6. USE CABOS DECENTES – Cabos SATA ou USB decentes de fabricantes confiáveis não terão cantos cortados, serão feitos de materiais de boa origem e terão conexões boas e fortes. Tudo isso diminui a chance de falha elétrica. Você sabia que um cabo SATA de energia de qualidade inferior pode até mesmo incendiar o seu HD?

7. DESFRAGMENTE O HD – Quando suas unidades estão fragmentadas, significa que os dados armazenados nelas foram separados no disco. Imagine tentar tocar um disco de vinil, mas para obter a música inteira você teve que pular a agulha para diferentes partes do disco manualmente. A desfragmentação organiza tudo para que o cabeçote de leitura / gravação tenha que percorrer a menor distância possível. Isso acelera as coisas e também prolonga a vida útil de sua unidade, diminuindo o desgaste.

8. MONITORE A SAÚDE DO SEU HD – Os discos rígidos modernos têm muitos recursos embutidos de detecção de erros a avisam se há algo errado através da tecnologia S.M.A.R.T. (Self-Monitoring, Analysis and Reporting Technology) que existe em todos os HDs modernos. Portanto, monitore bem sua unidade e, se parecer que há algo errado faça um backup imediato de todos os arquivos para evitar sua perda.

9. ESCOLHA ONDE COLOCAR O SEU NOTEBOOK – Evite colocar o seu laptop em cima de almofadas ou travesseiros, pois eles podem obstruir as saídas de do aparelho. Sem poder “respirar”, o interior do notebook ficará mais quente e poderá danificar ou diminuir a vida útil do seu HD.

10. MANTENHA SEU COMPUTADOR LIMPO – Regularmente, aspire as saídas de ar do seu notebook que podem ficar obstruídas por pó, o que pode dificultar o seu resfriamento. No caso de computadores desktop, desligue o equipamento da tomada e aspire as saídas da fonte de alimentação e de toda a placa-mãe, tomando muito cuidado para não encostar nos seus componententes. 

11. UTILIZE UM NO-BREAK – A utilização de um no-break é importante para garantir a continuidade no fornecimento de energia se houver problemas na rede elétrica. Um filtro de linha não ajudará nestas situações, sendo inútil para prevenir danos no equipamento por desligamentos súbitos.

12. CUIDADO NO TRANSPORTE – Ao transportar o notebook ou o HD externo, esteja atento para não colocá-los em lugares quentes como o banco do carro, dentro do porta-luvas ou porta-malas. No caso específico de laptops, tome o cuidado de sempre mantê-lo desligado durante o transporte. Evite também deixar o seu equipamento cair no chão, ou fazer movimentos bruscos, pois isso poderá causar danos no HD.

E se meu HD ''morrer''?

As dicas acima ajudarão a prolongar a vida útil do seu HD, mas não eliminarão o risco dele parar de funcionar repentinamente. Quando o seu HD ”morrer”, você deve ter uma rotina preparada para minimizar a perda de dados.

SEMPRE FAÇA BACKUP – Faça backup regular do conteúdo dos seus discos rígidos. Para servidores,  considere usar uma configuração RAID-1 para ter redundância nos dados e garantir que você não perca nenhum arquivo importante.

BACKUP SEGURO – Não confie em apenas um backup, fazendo três cópias de segurança, sendo que uma delas deve ser guardada em local diferente de onde está o seu computador. E use pelo menos 3 formas diferentes de armazenamento. Exemplo: HD externo, serviço nas nuvens e NAS.

CONSOLIDE DADOS – Transfira todos os dados que não são usados regularmente para uma unidade de armazenamento auxiliar que você pode fazer backup e manter em um local seguro.

Um disco rígido não vem com uma data de validade, então o melhor que podemos fazer é dar a ele a melhor chance de uma existência longa e saudável. Cuide de sua unidade e ela cuidará dos seus dados. Embora você possa esperar que uma unidade funcione por 3 a 5 anos, não há garantia, portanto, depende de você salvaguardar esses arquivos!

Se você ainda não tinha uma rotina de backup, e seu HD parou de funcionar, não entre em desespero! Saiba que na maioria das vezes, o HD poderá ser reparado temporariamente e você não perderá os dados. Mas você precisará da ajuda de uma empresa de recuperação de dados para ter seus arquivos de volta. 

Esperamos que você nunca passe por tal situação. Mas caso isso aconteça, conte com a E-RECOVERY para recuperar os arquivos perdidos do seu HD. E-RECOVERY oferece orçamento grátis e uma política transparente de cobrar somente se seus dados forem recuperados. 

Possuímos uma completa infra-estrutura tecnologicamente avançada, sendo uma das empresas mais capacitadas e confiáveis do Brasil. Nossa equipe poderá ajudá-lo em todas as suas dificuldades para garantir que você tenha uma recuperação de dados bem-sucedida do seu HD.

Rolar para cima