fbpx

Quais os principais sistemas de armazenamento de dados para empresas?

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

Qual tipo de armazenamento de dados é adequado para sua empresa? A resposta é que depende dos requisitos do seu tipo de negócios, tipos de dados, quantidade de usuários, tipos de acesso, orçamento, aplicativos e muito mais. Provavelmente, você usará uma combinação de tipos de armazenamento de dados, como DAS, NAS, SAN, armazenamento em bloco e armazenamento de objeto. Muito provavelmente, será o armazenamento de blocos ou objetos na nuvem.

Não é nenhum segredo que falhas podem (e acontecem) em equipamentos de armazenamento de dados. E podem ocorrer tanto em pequenas empresas ou corporações internacionais. Proteger os arquivos importantes da empresa usando soluções de armazenamento confiáveis é uma parte vital da administração de uma empresa. E também ajudará a garantir que seus arquivos possam ser recuperados se ocorrer algum acidente. 

A primeira etapa para determinar qual tipo de armazenamento de dados usar é fazer uma avaliação dos seus dados, como os usuários acessam esses dados e com que frequência. Em seguida, crie uma estratégia de infraestrutura de TI que incorpore o melhor tipo de armazenamento de dados com base nesses requisitos.

Entender o armazenamento de dados não é difícil, mas todos os diferentes tipos e opções podem ser confusos, especialmente se você não for um profissional de TI. Neste artigo, discutiremos os diferentes tipos de armazenamento de dados, juntamente com as vantagens e desvantagens de cada um dos casos de uso.

DAS - DIRECT ATTACHED STORAGE

A maioria das pessoas está familiarizada com o armazenamento de conexão direta (DAS), quer saibam disso ou não. Isso ocorre porque a maioria já o usou. Na verdade, se você tiver um notebook, há um HD ou SSD DAS dentro dele. É chamado de armazenamento de conexão direta porque está diretamente conectado ao seu equipamento. O DAS também pode ser um HD externo ou pen drive para um computador, laptop ou tablet.

  • Vantagens do Direct Attached Storage (DAS) – Quais são os benefícios do DAS? O armazenamento de conexão direta é ótimo porque é muito barato e muito fácil de usar. Na verdade, você pode comprar um HD externo de 4 TB por apenas algumas centenas de reais. O DAS é extremamente barato para o que você está comprando. O preço por GB é muito baixo e continua a tendência de queda para esses tipos de dispositivos de armazenamento.
  • Desvantagens do Direct Attached Storage (DAS) – Qual é a desvantagem do armazenamento de conexão direta? A principal desvantagem do DAS é que ele não é muito compartilhável . Se você quisesse compartilhar seus dados com outra pessoa, teria que carregá-los de seu computador ou laptop para a nuvem, enviá-los por e-mail como um anexo ou ir fisicamente ao computador dessa pessoa para compartilhá-los.

O DAS definitivamente não é útil em todos os casos de negócios. Esse é um dos motivos pelos quais o armazenamento de conexão direta não é usado em ambientes de nuvem. Você consegue imaginar seus funcionários andando por aí com seus HDs externos e conectando-os a máquinas virtuais ou aos servidores que estão em seus data centers ?

NAS - NETWORK ATTACHED STORAGE

O próximo tipo de armazenamento de dados que discutiremos é o armazenamento conectado à rede (NAS) . Muitas descrições de NAS fazem com que pareça muito complexo. No entanto, não é tão difícil de entender. Existem três componentes básicos associados ao NAS.

Primeiro, o NAS deve ter conectividade com uma rede local (LAN). Em segundo lugar, você deve ter HDs conectados ao NAS. Terceiro, os discos rígidos devem ser configurados no que chamamos de configuração RAID, que é uma matriz redundante de discos independentes onde os HDs são configurados para replicar os dados de várias maneiras. Com o RAID, você tem a garantia de que, se uma das unidades falhar, você não perderá todos os seus dados.

  • Vantagens do armazenamento conectado à rede (NAS) – Embora um equipamento NAS conectado à rede seja mais caro do que o DAS, ainda é muito barato. Além disso, o armazenamento conectado à rede é ótimo para dados compartilhados. Por exemplo, digamos que sua empresa tenha muitos arquivos e vários funcionários trabalhando nesses dados. Por exemplo, em uma empresa com 10-50 funcionários que precisam acessar e editar arquivos no mesmo dispositivo. Neste caso, NAS pode ser o tipo de armazenamento de dados certo para sua empresa. NAS fornece controle centralizado de todos os arquivos. Você pode definir permissões sobre quem pode ver o que na rede. E, como falamos anteriormente, com a configuração RAID você terá mais segurança de que seus dados não será perdidos.
  • Desvantagens do armazenamento conectado à rede (NAS) – O desempenho pode ser um grande problema para NAS. Isso significa que, se houver muita atividade na rede, o desempenho ficará lento. Além disso, com baixo rendimento e alta latência, um NAS não é rápido o suficiente para aplicativos de alto desempenho. NAS também pode ser limitado de uma perspectiva de escalabilidade. NAS é limitado a seus próprios recursos e você só pode escalar adicionando outro NAS. 

STORAGE AREA NETWORK (SAN)

O que é uma rede de área de armazenamento (SAN) ? Simplificando, uma SAN é uma rede de alta velocidade que fornece acesso à rede em nível de bloco para conectar servidores a suas LUNs. 

Os LUNs consistem em uma variedade de blocos provisionados a partir de um pool de armazenamento compartilhado e apresentados ao servidor como um disco lógico. O servidor particiona e formata esses blocos com um sistema de arquivos para que possa armazenar dados no LUN da mesma forma que faria no armazenamento em disco local.

As SANs representam cerca de dois terços do mercado total de armazenamento em rede. Eles são projetados para remover pontos únicos de falha, tornando as SANs altamente disponíveis e resilientes. Uma SAN bem projetada pode resistir facilmente à várias falhas de dispositivos. No entanto, SANs são infraestruturas bastante complexas com hosts, switches, elementos de armazenamento e dispositivos de armazenamento que são interconectados usando uma variedade de tecnologias, topologias e protocolos. 

  • Vantagens do Storage Area Network (SAN) – Existem inúmeros benefícios associados às redes de área de armazenamento. SANs são freqüentemente usados para melhorar a disponibilidade dos aplicativos com vários caminhos de dados. As SANs melhoram o desempenho do aplicativo , como funções de armazenamento de descarregamento. Eles também aumentam a utilização e a eficácia do armazenamento, consolidando os recursos de armazenamento e fornecendo armazenamento em camadas.
  • Desvantagens do Storage Area Network (SAN)  – Existem algumas desvantagens no SAN. Primeiro, os SANs são muito caros . Não é ridiculamente caro se você o usa para computação em nuvem. No entanto, se você tentar configurá-lo sozinho, será muito caro. SANs também são complexos e difíceis de configurar  Essa seria a desvantagem. No entanto, é provavelmente um dos tipos de armazenamento mais comuns que você verá na computação em nuvem.

BLOCK STORAGE

O que é armazenamento em bloco? Se você olhar para um HD, é basicamente um dispositivo de armazenamento em bloco. Isso significa que o disco rígido é dividido em partições que armazenam arquivos em um sistema de arquivos em blocos de até 512 bytes. Por exemplo, você pode executar o sistema de arquivos EXT4 na partição um e três, que é o sistema de arquivos Linux. 

Você pode executar um sistema de arquivos baseado em Apple na partição dois e um sistema de arquivos Windows NTFS na partição quatro. Isso é armazenamento em bloco em poucas palavras. 

Se você estiver executando o Windows, poderá acessar esta partição para todos os seus arquivos do Windows. Por exemplo, você tem um arquivo do Microsoft Excel de 200 kilobytes ou 200.000 bytes. Se cada bloco tiver 512 bytes, este arquivo Excel em particular requer cerca de 62 ½ blocos.

Uma das melhores coisas sobre o armazenamento em bloco é que quando você edita seu arquivo Excel, talvez você faça alterações nas células de 1 a 4. Isso afetará alguns blocos em todo o arquivo. Se o arquivo tiver 62 ½ blocos, você só precisa editar quatro deles. Ao salvar o arquivo, ele encontrará apenas os quatro blocos que precisa editar. Você não precisa substituir tudo de uma vez, portanto, isso torna o armazenamento em bloco muito eficiente.

  • Vantagens do armazenamento em bloco – Existem muitos benefícios associados ao armazenamento em bloco. Primeiro, suas inúmeras linguagens de programação podem facilmente ler e gravar arquivos no armazenamento em bloco. Além disso, as permissões e controles de acesso para armazenamento em bloco são familiares e bem compreendidos. Por último, o armazenamento em bloco oferece E / S de baixa latência para que possam ser usados com bancos de dados e dados dinâmicos.
  • Desvantagens do armazenamento em bloco – Existem também várias desvantagens de armazenamento em bloco. O armazenamento em bloco é limitado a um servidor por vez, o que impacta a escalabilidade. Além disso, os blocos e sistemas de arquivos têm metadados limitados sobre as informações que estão armazenando, como data de criação, proprietário, tamanho e muito mais. Outra grande desvantagem do armazenamento em bloco é a estrutura de custos. Com o armazenamento em bloco, você deve pagar por todo o espaço de armazenamento em bloco alocado, mesmo se não o estiver usando.

OBJECT STORAGE

O armazenamento de objetos é muito diferente de outros tipos de armazenamento sobre os quais falamos. É também um tipo mais recente de armazenamento de arquivos e, portanto, funciona de maneira diferente.

Primeiro, você tem objetos em vez de arquivos ou blocos. Essencialmente, você tem objetos de dados não estruturados que têm três partes. Eles têm uma identificação. Eles têm metadados, como os autores do arquivo. Eles têm a data em que o arquivo foi criado, as permissões no arquivo e assim por diante.

Imagine que você tem uma grande quantidade de dados não estruturados. Pode ser uma imagem ou um grande arquivo de vídeo. Cada vez que você atualiza esse arquivo, você deve adicionar o arquivo inteiro. Se você quiser fazer qualquer alteração em seu vídeo, terá que criar um objeto totalmente novo e poderá ter versões diferentes, mas arquivos ou objetos completamente diferentes. 

Com o armazenamento de objetos, você não pode fazer operações fragmentadas e é melhor para casos de uso muito específicos – incluindo o armazenamento de muitos dados não estruturados.

Com o armazenamento de objetos, você escreve uma vez e lê muitas vezes. Um exemplo disso seriam os vídeos do YouTube. Depois que um autor faz o upload, ele realmente não pode editá-lo e não pode alterá-lo muito. Esse é um caso de uso perfeito para armazenamento de objetos. Se quiser editá-lo, o usuário deve enviar um novo vídeo e excluir o antigo. Você também pode manter diferentes versões do mesmo arquivo de vídeo com pequenas variações que são versões.

  • Vantagens do armazenamento de objetos – Existem muitos benefícios associados ao armazenamento de objetos, incluindo escalabilidade . É amplamente conhecido por sua compatibilidade com a nuvem porque tem escalabilidade ilimitada. Por causa de sua estrutura plana, o armazenamento de objetos não tem as mesmas limitações que o armazenamento de arquivos ou blocos. O armazenamento de objetos tem recuperação de dados mais rápida e melhor do que outros tipos de armazenamento de dados. Com o armazenamento de objetos, não há necessidade de vasculhar as estruturas de arquivos, o que significa recuperações mais rápidas. Os metadados permitem acesso rápido e menos limitações. Por último, o armazenamento de objetos é conhecido por ser econômico . Como o armazenamento de objetos é escalonado muito mais facilmente do que outros tipos de armazenamento, é mais barato armazenar todos os seus dados.

Desvantagens do armazenamento de objetos – Existem desvantagens no armazenamento de objetos? Sim, o armazenamento de objetos não é adequado para todos os tipos de uso quando se trata de armazenamento de dados. Na verdade, você não pode usar o armazenamento de objetos para bancos de dados tradicionais. É ótimo apenas para dados estáticos. Outra desvantagem do armazenamento de objetos que discutimos é que ele não permite que você altere apenas alguns dados. Você deve ler e escrever o objeto inteiro de uma vez.

Você sabia que a E-RECOVERY é a empresa que mais tem depoimentos de clientes corporativos no Brasil? Na nossa página de clientes atendidos, você poderá encontrar quase 60 feedbacks de empresas que precisaram recuperar dados de NASServidoresStorages e Discos Virtuais

Se a sua empresa precisar recuperar dados de equipamentos corporativos, conte com a ajuda da E-RECOVERY para restaurar seus arquivos perdidos. Consulte-nos e faça uma cotação sem compromisso!

Rolar para cima