Quais os cuidados que você deve ter com um HD externo?

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

O que é um hd externo?

A maioria dos computadores possui apenas um único HD instalado. Ao contrário de um HD SATA interno, que está instalado de modo permanente dentro do computador, um HD externo é um dispositivo que você conecta a uma porta USB, Thunderbolt ou Firewire do computador. Um disco rígido externo oferece espaço adicional de armazenamento para manter seus dados.

Quando você armazena dados em um HD externo, só pode acessá-lo quando ele está conectado ao computador. Você pode usar um HD externo para armazenar arquivos que não acessa com muita frequência. Por exemplo:

  • Fotos ou vídeos antigos
  • Documentos antigos
  • Projetos concluídos

Ao armazenar seus documentos antigos em um disco rígido externo, você poderá manter uma quantidade maior de espaço livre em seu HD interno, para que possa continuar adicionando novos arquivos e garantir que seu computador esteja funcionando o mais rápido possível.

Uma das coisas mais importantes para proteger os seus dados é fazer um backup regularmente. Um backup é uma segunda cópia de segurança dos arquivos do seu disco rígido, que você terá disponível caso algo aconteça com o seu computador.

Um HD externo também é uma ótima maneira de transferir uma grande quantidade de dados entre computadores diferentes. As formas mais populares de transferir dados são por pen drive, e-mail ou armazenamento em nuvem. Infelizmente, esses métodos não são ideais para enviar / receber mais do que alguns arquivos. 

Se estiver tentando transferir muitos gigabytes de dados, você descobrirá que esses métodos de transferência são lentos e inconvenientes. O armazenamento em nuvem pode lidar com uma quantidade maior de dados, mas os tempos de upload e download podem ser longos.

Um HD externo, por outro lado, permite transferir mais dados com uma velocidade mais rápida. Se você estiver tentando transferir dados de um computador antigo para um novo, ou se estiver tentando trocar dados com um parceiro de negócios ou cliente, será mais fácil usar um disco rígido externo. 

Basta colocar os dados na unidade externa e, em seguida, conectar a unidade externa a qualquer computador para o qual deseja transferi-los. É como um pen drive, mas com muito mais espaço de armazenamento.

Como aumentar a vida útil do hd externo?

  • A dica mais importantes para preservar os dados gravados no seu HD externo é uma coisa simples e óbvia. Evite derrubar o seu HD externo ou impedir que ele sofra impactos muitos fortes. Derrubar o HD no chão pode danificar a mídia magnética e/ou algum componente, fazendo com que ele pare de funcionar. 
  • Se for transportá-lo em sua bolsa ou mochila, compre um estojo protetor para o seu HD externo que seja forrado internamente com espuma ou algum material que absorva impactos. Não jogue sua bolsa ou mochila de modo violento no banco do carro ou no sofá de sua casa.
  • Quando não estiver usando o seu HD externo, desconecte-o do computador. Mantendo-o sempre conectado, fará com que suas partes mecânicas se desgastem prematuramente. E também evitará esbarrões acidentais que possam fazer com que ele no chão.
  • Outra dica é sempre remover o dispositivo com segurança quando ele está conectado ao computador, clicando no ícone que fica na parte direta da barra de tarefas do Windows. Essa pequena atitude assegura que os dados estejam em segurança e não fiquem corrompidos.
  • Não conecte um HD externo de pessoas que você não conheça no seu notebook ou PC. Isso porque ele pode estar infectado com um vírus ou ransomware, e poderá contaminar o seu computador. A solução nesse caso, muitas vezes, é formatar o HD e perder tudo.
  • Apesar de não ser comum, o HD externo pode ser desmagnetizado. Por isso, é melhor deixar seu disco longe de imãs fortes ou dispositivos magnéticos. Preste atenção, também, na temperatura do seu HD. Se ele estiver muito quente, é melhor desconectá-lo do seu computador.
  • Faça backup periódicos. Um HD tem uma vida útil média de 3 anos, então por que dar sorte ao azar? Tenha como hábito fazer um backup dos seus arquivos importantes em outro HD externo ou em serviços nas nuvens como Google Drive ou OneDrive que oferecem espaços generosos de armazenamento a preço reduzido.

Qual o melhor HD externo?

Você pode não acreditar como é importante investir nos melhores HDs externos que puder encontrar. Quer você tenha arquivos importantíssimos e insubstituíveis ou grandes projetos para mantê-los seguros, uma unidade externa pode fazer o backup facilmente. 

Dessa forma, se o HD do seu notebook, PC ou Mac pararem de funcionar, você terá uma cópia de segurança guardada de onde poderá restaurar os seus dados que foram perdidos.

Como você pode levar os melhores HDs externos para qualquer lugar armazenando uma tonelada de dados, essas unidades são perfeitas para fazer backup de arquivos importantes e levá-los onde quer que você vá. Um fator decisivo é ele ser compatível com o seu computador. É preciso que o seu PC ou Mac também tenha uma porta compatível. 

Você também precisará pensar sobre quanto espaço de armazenamento você precisa. Os melhores discos rígidos externos oferecem uma variedade de espaço de armazenamento. Recomendamos 1 TB para começar, pois isso dá a você bastante espaço para armazenar seus arquivos sem custar muito dinheiro. Isso certamente é bom o suficiente para a maioria dos usuários.

No entanto, se você estiver lidando com arquivos grandes como fotos e vídeos de alta resolução, você deve considerar comprar um disco com um espaço de armazenamento maior. Felizmente, muitos discos rígidos externos oferecem terabytes (TB) de espaço de armazenamento e não custam muito.

Comprar o melhor HD externo para suas necessidades envolve descobrir quanto espaço você precisa. Você não quer comprar um disco rígido externo muito pequeno, acaba ficando sem espaço e comprando outro. No entanto, você também não quer pagar por mais espaço de armazenamento de que nunca precisará.

Além disso, os melhores discos rígidos externos também devem ser confiáveis e robustos, para que você possa armazenar seus dados com segurança e sem preocupações. Os melhores drives externos também devem ser leves o suficiente para carregar na bolsa e com grandes capacidades para que você possa manter seus dados seguros durante as viagens.

Quanto às marcas, no Brasil é fácil encontrar HDs externos fabricados pela Seagate, Toshiba e Western Digital. Todos eles são de extrema qualidade e fabricados por empresas sérias e renomadas. Compre em locais de boa reputação, e que trabalhem somente com dispositivos novos e originais. 

Tenha muito cuidado com HDs externos falsificados vendidos a baixo preço, principalmente da marca Seagate. Este tipo de produto fake pode pode ser encontrados em sites como Mercado Livre, OLX ou Ali Express. 

O que pode estragar em um HD externo?

Um HD externo é basicamente um HD comum de computador com barramento SATA. O único tipo que é diferente são os HDs chamados de USB nativo, que não tem mais um adaptador SATA-USB à parte. A placa lógica é fabricada diretamente com o conector USB 3.0 ou USB 2.0.

Sendo assim, os discos externos estão propensos aos mesmos problemas que podem fazer com que um HD SATA perca os dados:

  1. HD externo com bad blocks
  2. HD externo com dados deletados
  3. HD externo formatado acidentalmente
  4. HD externo com danos internos
  5. HD externo que sofreu ataque de ransomware

Uma das causas mais frequentes de perda de dados em um disco rígido externo é desconectar o cabo USB ou Thunderbolt de um computador incorretamente, danificando o sistema de arquivos lógico. 

Normalmente, nesta situação, sua unidade não está fisicamente danificada, embora seus dados ainda estejam perdidos. Para evitar essa situação, você deve sempre usar o botão “Remover Hardware com Segurança” para PCs ou a função “Ejetar” para MAC OS.

Infelizmente, por serem pequenos, os HDs externos também são derrubados acidentalmente ou podem sofrer fortes impactos. Em quase todos os casos, o impacto resultante causará problemas perceptíveis. 

Por exemplo, se o disco externo caiu, ele provavelmente fará um ruído de tique / clique ao ser ligado. Isso geralmente indica danos nos cabeçotes de leitura / gravação ou possivelmente até mesmo o rolamento do motor. 

HDs externos também têm tendência a superaquecer. Isso se deve principalmente à ventilação inadequada do gabinete plástico externo. Alguns discos rígidos externos não contêm nenhuma ventilação, embora um pequeno número de dispositivos possa conter alguns furos ou uma ventoinha dentro do gabinete para diminuir a temperatura interna. 

Quando esses dispositivos superaquecem, a unidade morre repentinamente e não é reconhecida pelo BIOS. Ou então o computador parece começar a funcionar lentamente e ruídos do disco rígido externo podem ser ouvidos. Novamente, se isso acontecer, não use mais a unidade e entre em contato com um profissional de recuperação de dados o mais rápido possível.

Não importa o que aconteça, quando qualquer unidade começar a fazer ruídos, você deve parar imediatamente de usá-la e entrar em contato com um profissional de recuperação de dados. 

Nesse ponto, quanto mais tempo a unidade emite ruído, menos chance você tem de recuperar seus dados com sucesso. Esperamos que você nunca passe por este pesadelo, mas se isso acontecer, conte com a E-RECOVERY para recuperar os dados do seu HD externo.

Rolar para cima