HD batendo cabeça ou fazendo ruídos

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

Você está trabalhando no seu computador em um projeto importante, e ouve um “click, click, click” vindo do HD. Também conhecido como “clique da morte”, faz as pessoas entrarem em desespero ao ouvir esse sons estranhos vindos do seu disco rígido. 

As falhas mecânicas do disco rígido ocorrem quando os componentes móveis de um HD param de funcionar devido a estresse ou desgaste. As cabeças de leitura / gravação, braço atuador e eixos de um disco rígido movem-se constantemente durante a operação normal. Devido à natureza extremamente precisa do design do HD, um pequeno problema mecânico pode impedir que uma unidade acesse os dados do usuário. 

As falhas mecânicas são relativamente comuns e podem ocorrer por vários motivos. Em muitos casos, o calor excessivo pode causar  danos no braço ou no eixo do atuador do HD com o passar do tempo, acelerando o desgaste dos componentes e, por fim, causando uma falha mecânica.

A vibração excessiva também pode afetar o alinhamento do cabeçote de leitura / gravação e contribuir para falhas do atuador, especialmente se o disco rígido não estiver firmemente preso ao gabinete do computador. Uma sacudida física repentina pode certamente danificar as sensíveis cabeças de leitura / gravação. Ou falhas eletrônicas podem causar problemas de alinhamento ou calibração que impedem o HD de acessar os dados.

Alguns discos rígidos apresentam falhas mecânicas devido ao desgaste normal dos componentes. A maioria dos fabricantes estima a vida útil média do disco rígido em cerca de 3-5 anos, mas algumas unidades falham mais cedo devido a defeitos de fabricação, fontes de alimentação defeituosas ou ao uso intensivo.

Aqui estão as causas mais comuns de cliques no HD e o que pode ser feito para corrigir o problema.

O QUE CAUSA O CLIQUE QUE VEM DO HD?

Os discos rígidos têm partes móveis e, quando as coisas se movem, geralmente criam som. Em outras palavras, como o motor de um carro, seu HD pode fazer ruídos e ainda ser saudável. Alguns sons, porém, indicam que algo está muito errado.

Normalmente, os discos rígidos farão ruídos de zumbido, ruidos leves de cliques ou chiado de baixa frequência, especialmente quando eles estão inicializando ou acessando dados. Geralmente, são perfeitamente normais e não constituem motivo de preocupação, desde que o HD esteja funcional e com acesso total aos dados gravados.

Assim como você sabe que algo está errado quando um motor faz um som de estalo ou raspagem, você pode identificar quando as coisas estão começando a dar errado com seu disco rígido assim que ele começa a produzir certos sons estranhos, e agir antes que você perca dados. Assim como você levaria o seu carro a um mecânico antes que o problema piorasse.

Como dissemos, é perfeitamente normal que os HDs façam algum ruído, mas isso é quase sempre baixo e relativamente discreto. Quando o ruído produzido é pronunciado e agressivo, quase certamente é um sinal de que algo está errado. Antes de qualquer coisa, desligue a máquina, remova os cabos de alimentação e de dados do disco rígido e ligue-a novamente. Se o ruído ainda estiver lá, não está vindo do seu disco rígido. Se não for, aqui estão alguns dos sons que você pode estar ouvindo e uma breve descrição do motivo:

BIPES – Se, ao ligar a máquina, o disco rígido emitir um bipe, mas não fizer mais barulho, é provável que o eixo que gira os pratos da unidade esteja preso. Outro sinal certeiro de que o eixo do seu drive está emperrado é que sua máquina não está reconhecendo o drive.

CLIQUES – Sim, alguns cliques são normais, mas cliques altos e repetidos, geralmente são um sinal de falha da cabeça . Basicamente, um som de clique constante resulta da unidade tentando reiniciar consistentemente após um erro e, novamente, você precisará desligar a máquina o mais rápido possível.

ESMERILHAMENTO DE METAL – Se a sua unidade estiver fazendo barulho, é provável que a unidade tenha sofrido um colapso na cabeça de leitura e gravação e entrado em contato com o prato. Os dados contidos em um disco rígido são gravados em uma fina camada magnética que repousa sobre a superfície do prato, e o som de metal sendo triturado que você está ouvindo é efetivamente a cabeça de leitura e gravação removendo isso. Se você ouvir um rangido vindo do disco rígido, desligue-o o mais rápido possível. A cabeça continuará a causar danos ao prato e apagar seus dados até que você desligue o HD.

Clique, Bang, Ping… 

Não importa como você descreva o som que seu HD está fazendo, a realidade é a mesma. Ouve-se um barulho estranho e você está preocupado. Desde que existem discos rígidos, eles fazem ruídos estranhos. Às vezes, esses ruídos do disco rígido são relativamente benignos. Então, esperançosamente, o que você está experimentando é o cooler do processador ou ventilador da fonte que está fazendo estes ruídos.

Mas, infelizmente, há casos em que o clique do disco rígido é um sinal de um problema sério no disco rígido e de uma falha iminente.

Quando você está nessa situação, quer saber o que é aquele som de clique do disco rígido e o que isso significa o mais rápido possível. Você deveria se preocupar? Ou você pode ignorar o ruído com segurança? Aqui estão alguns dos possíveis problemas que seu disco rígido pode estar tendo.

CAUSAS COMUNS PARA HD FAZENDO RUÍDOS

Durante o uso regular, uma cabeça montado em um braço se move suavemente para ler ou gravar os dados em um disco. Se esses movimentos se tornarem erráticos e inesperados, o controlador de disco tentará redefinir sua posição voltando à posição inicial repetidamente. 

Essa batida causa um “clique” audível e o ruído continuará à medida que o processo se repete. Existem vários motivos pelos quais um disco rígido emite um som de clique. Em HDs mais antigos, o ruído de clique geralmente está relacionado a um problema com a cabeça do disco. 

Em modelos mais novos, no entanto, um HD fazendo cliques pode ser o resultado de um problema de software ou hardware. Em qualquer um dos casos, os dados de um HD com clique podem ser recuperados em cerca de 50% das situações.

O tipo de clique ajuda os técnicos de recuperação de HD experientes a saber quais soluções buscar com base na causa provável do problema. Existem várias causas prováveis para um disco rígido clicar:

CABEÇOTE COM DANOS FÍSICOS

Na maioria das ocasiões, quando há uma falha nas cabeças de leitura e gravação, o disco rígido gira e emite um som de clique repetitivo. Isso às vezes é conhecido como o “clique da morte”‘. Em geral, nas unidades de disco rígido de 2007 em diante, o som de clique é muito mais silencioso e alguns modelos de unidade de HD diminuirão a rotação após alguns segundos se houver falha na inicialização.

As cabeças de leitura e gravação normalmente flutuam entre 10 e 100 nanômetros de distância da superfície do prato durante a operação normal. Se o cabeçote de leitura e gravação fosse do tamanho de um jato jumbo, ele voaria 1,5 mm acima do solo. Como você pode imaginar a partir desta escala, qualquer tipo de choque físico ou contaminação no HD provavelmente afetará o funcionamento normal dos cabeçotes.

Para recuperar os dados quando houver uma falha nos cabeçotes de leitura e gravação, é necessário substituir o conjunto de cabeçotes do HD com falha pelo de um disco doador em funcionamento.

PRÉ-AMPLIFICADOR COM FALHAS

O pré-amplificador é um chip que controla as cabeças de leitura e gravação e amplifica os sinais de e para elas. Os sinais gerados pelos cabeçotes de leitura e gravação são muito fracos, por isso este componente é necessário. Os pré-amplificadores não suportam descargas estáticas, portanto, são necessárias precauções quando houver qualquer trabalho de manutenção ou reparo. 

As falhas do pré-amplificador são menos comuns em unidades de disco rígido modernas em comparação com HDS fabricadoS antes de 2005. No entanto, é relativamente comum HDs Western Digital de 2 TB terem uma falha no pré-amplificador que tem uma alta taxa de falha. Outro problema que normalmente pode causar uma falha de um pré-amplificador é  uma oscilação de energia que danifique o PCB.

FONTE DE ALIMENTAÇÃO COM POTÊNCIA INSUFICIENTE

Uma fonte de alimentação com defeito pode levar à geração de sons estranhos vindo do HD. O problema pode ser causado também quando a fonte é sub-dimensionada, e os seus componentes não são alimentados com energia suficiente.

Para evitar isso, utilize fonte de fabricantes confiáveis em seu PC, tais como Corsair, EVGA,  Gigabyte, Seasonic, Thermaltake, entre outras. Certifique-se de que a peça escolhida tenha capacidade suficiente para alimentar todos os seus periféricos. Se você tiver uma fonte de alimentação alternativa, poderá confirmar se ela está causando o clique. 

PLACA LÓGICA DANIFICADA

Picos de energia podem danificar o PCB (Printed Circuit Board) ou o HSA (Head Stack Assembly) fazendo com que o HD não funcione corretamente. A maioria das placas controladoras possui ROM, NV-RAM ou um chip controlador que contém os dados exclusivos necessários para acessar a área do sistema do disco rígido. 

Chamamos esses dados de “firmware PCB”. Se o firmware do PCB estiver ausente ou incorreto, não haverá acesso ao disco rígido e nem acesso aos dados do usuário. Pode ser necessário transferir o firmware do PCB para um novo PCB. Em muitos casos, o chip ROM ou NV-RAM é externo e pode ser transferido fisicamente (soldado) para uma nova placa de circuito.

Por causa disso, uma simples troca de placa de circuito não tornará operacional um disco rígido com defeito. Quando o disco rígido não recebe energia suficiente para girar na rotação correta por problemas nas placa lógica, ele tentará girar com o nível de energia disponível. O disco rígido pode tentar fazer isso várias vezes, produzindo cliques ou sons de bip enquanto o HD tenta ligar.

PRATOS (DISCOS) RISCADOS

Os pratos são os locais onde os dados são armazenados no HD. Os discos rígidos de hoje acomodam de 1 a 4 ou mais pratos, dependendo da capacidade de armazenamento. Eles são um sanduíche de diferentes materiais projetados para permitir a leitura estável do sinal eletromagnético, e girando a uma velocidade constante de 5400 até 15.000 RPM para os modelos mais comuns.

A causa mais comum de danos nos prato é quando os cabeçotes tocam a mídia magnética. As cabeças lêem e gravam dados, operando perto dos pratos, mas não nos pratos que nunca deveria sem tocados. Se tocarem, podem raspar o material magnetizado e você ouvirá um som de metal sendo arranhado.

Os pratos do disco rígido armazenam seus dados, portanto, riscos com danos permanentes aos pratos significam perda permanente de dados. Nenhuma tecnologia atual de recuperação de dados pode restaurar o material perdido.

PROBLEMAS NA ÁREA DE SERVIÇO (SA = SERVICE AREA)

A área de serviço que é gravada no firmware do HD armazena dados específicos do fabricante necessários para a operação normal do HD. Ele pode ser corrompido / danificado por erros durante a leitura do módulo ou setores defeituosos que resultam na incapacidade de traduzir as informações que controlam a unidade, levando ao clique que você está ouvindo.

Todos os discos rígidos modernos dependem das informações gravadas em sua área de serviço para funcionar corretamente. Esta seção contém, por exemplo, tabelas de configuração, informações do S.M.A.R.T. e instruções de configuração do HD. Os dados contidos na Service Area não podem ser lidos diretamente pelo computador para evitar que os usuários tornem seu dispositivo inoperante.

No caso de sua mídia ter falhado como resultado de uma falha na área de serviço, equipamentos especializados em recuperação de dados como o PC3000 da Ace Laboratory podem fazer os reparos necessários na Service Area para que possamos recuperar os dados gravados no HD.

PROBLEMAS NO MOTOR DO HD

Os sintomas típicos de uma pane no motor do disco rígido são os pratos não girarem e haverá um zumbido baixo, batidas ou bipes vindos do HD. No caso dos discos rígidos da Seagate (particularmente o 7200.10 e o 7200.11 Barracuda), o travamento do rolamento do motor é muito comum após choque físico. 

Tanto é verdade que tem havido o desenvolvimento de ferramentas especializadas apenas para lidar com os rolamentos dos motores desta série de HDs. Em outros fabricantes, quando o motor parece estar preso, freqüentemente não se relaciona com o rolamento, mas se relaciona a um fenômeno denominado “atrito”, que é a fricção estática que precisa ser superada para permitir o movimento.

Nos HDs, o resultado do contato de dois objetos muito lisos (o prato e a cabeça) é que eles podem ficar grudados, impedindo que o motor gire. É necessário usar ferramentas especialmente projetadas para remover as cabeças da superfície do prato para garantir que nenhum dano físico seja causado à superfície do prato, o que levaria à perda de dados. Freqüentemente, o conjunto do cabeçote também precisa ser substituído, pois os cabeçotes de leitura e gravação também serão danificados.

Ocasionalmente, há travamentos dos rolamentos do motor nas unidades de disco rígido Samsung e Western Digital. Para HDs fabricados por esses fabricantes, é necessário realizar uma troca de prato para um motor de eixo doador. Isso é extremamente difícil em discos modernos, e é sempre a opção final no processo de recuperação.

O QUE ACONTECE QUANDO VOCÊ ABRE UM HD?

Sabemos que as pessoas são curiosas por natureza, mas essa curiosidade às vezes pode ameaçar as chances de uma recuperação de dados bem-sucedida do seu HD danificado. Vídeos com orientações do tipo “ faça você mesmo” estão disponíveis no YouTube para vários tipos de situações. Para alguns tipos de problemas, como desentupir um vaso sanitário, essas dicas podem até funcionar.

Mas quando se trata de seu HD, você nunca deve tentar remover a tampa, ou usar método de recuperação de dados domésticos de caráter invasivo por conta própria. Quando os discos rígidos têm sua tampa removida fora de um laboratório de recuperação de dados, quase sempre isso complica ou impossibilita a tentativa de uma recuperação bem-sucedida. 

Além de problemas óbvios, como a chance de sujeira ou poeira tocar os pratos, a remoção da tampa também pode trazer outras ameaças para recuperar os dados do seu HD. Por exemplo, se você pegar um disco rígido que esteja 100% funcional, e simplesmente alterar as configurações de torque dos parafusos da tampa do HD, isso pode causar problemas no disco rígido.

Com os parafusos apertados incorretamente, a unidade faz o “ clique da morte ” e não será mais reconhecida por um computador. Os discos rígidos são equipamentos muito complexos e sensíveis. Quando a tampa é selada no HD na fábrica, os parafusos são todos apertados com o torque exato. Em seguida, os cabeçotes são programados para trabalhar com essa calibragem. Se ela for apertada muito forte, pode entortar a tampa ou afetar o alinhamento da cabeça. 

O circuito de leitura dos HDs são muito pequenos e delicados, e o espaço para se mover é extremamente pequeno. Então se tudo não estiver alinhado perfeitamente, as cabeças podem não se mover corretamente e não poderão ler os dados. Muitos HDs usam parafusos não comuns, como Torx ou Security Torx. Se você tentar remover os parafusos usando uma chave Philips, poderá entortar a tampa metálica, impedindo o seu fechamento posterior. 

Pode ser perigoso abrir um disco rígido quebrado fora do ambiente seguro de um laboratório de recuperação de dados. Quando você não consegue acessar os dados em seu disco rígido, e especialmente se o HD está clicando, emitindo um bipe ou não gira, você precisa confiar em profissionais especializados de recuperação de dados.

Além da perigosa “dica” de abrir um HD para destravar as cabeças, você encontrará várias receitas mágicas para recuperar dados de HDs fazendo ruídos na Internet. Os 3 mitos mais comuns sobre HDs danificados, cujas soluções não funcionam são as seguintes:

  • COLOCANDO SEU HD NO FREEZER RECUPERAR DADOS DE HD COM RUÍDOS – Esta “técnica” causará corrosão ou condensação de umidade nos pratos e componentes elétricos quando o vapor de água dentro da unidade congela e é então descongelado ao energizar a unidade.
  • USANDO PROGRAMAS DE RECUPERAÇÃO DE DADOS PARA HD CLICANDO – Na maioria dos casos, um disco rígido clicando indica um problema físico ou mecânico com a unidade. O software não funcionará neste caso porque ele será incapaz de reconhecer o dispositivo. Continuar a usar a unidade pode causar danos ao prato e apenas tornar a recuperação de dados mais difícil.
  • SUBSTITUIÇÃO DE PLACA LÓGICA PARA RECUPERAR HD FAZENDO BARULHO – Isso poderia funcionar apenas para HDs muito antigos anteriores ao ano de 2000, e desde que a causa do problema fosse uma PCB (Printed Circuit Board) problemática. Ou seja, atualmente não funcionará para nenhum HD batendo cabeça. Além disso, um disco rígido com cliques raramente é causado por uma placa controladora com problemas.

Como recuperar dados de HD fazendo barulho?

O que você pode fazer se seu HD estiver clicando? A resposta curta é quase nada. Se você optar por não usar um especialista em recuperação de disco rígido e tentar consertá-lo clicando sozinho, há uma possibilidade muito real de você perder seus dados para sempre. Não corra esse risco. A melhor chance de salvar seus dados é ligar para um especialista em recuperação de dados hoje mesmo.
 
Existem inúmeros desafios em relação à recuperação de dados de HDs com falhas mecânicas. O primeiro é o diagnóstico correto da falha, seguido por encontrar um HD doador com as mesmas especificações da unidade com problemas. A dificuldade em encontrar peças doadoras pode variar significativamente com base na idade, fabricante e modelo da unidade de disco rígido. 

As empresas de recuperação de dados mantém um grande estoque de peças doadoras para esse fim, mas muitas vezes é necessário adquirir peças doadoras. Incluímos o custo dessas peças doadoras em qualquer orçamento fornecido onde não tenhamos em estoque um modelo compatível.
 

O trabalho é delicado e requer equipamentos especializados. Existem casos em que os dados não podem ser recuperados. Isso geralmente está relacionado a riscos na superfície do prato após o choque com os cabeçotes. Quando o HD é aberto para inspeção, a superfície do prato superior, juntamente com a carcaça do disco, é examinada quanto a defeitos físicos. Se houver evidência de dano físico na superfície do prato, não prosseguiremos. Caso contrário, as peças doadoras são usadas para substituir os componentes com falha.

Trabalhar em um HD com falha mecânica requer ferramentas de precisão e uma mão delicada. Também requer um ambiente limpo adequado. Todo o trabalho é realizado em uma sala limpa classe 100 ou gabinete de fluxo laminar apropriado. Em ambos os casos, eles permitem que um ambiente fique livre de contaminações

Você não deve, em nenhuma circunstância, abrir a unidade de disco rígido para verificar os pratos. Em nossa experiência, 7 em cada 10 HDs que foram abertos antes de chegar na E-RECOVERY são irrecuperáveis como resultado de manuseio incorreto ou contaminação. Infelizmente, quando recebemos um HD que foi abertanteriormente, é necessário cobrar uma taxa não reembolsável cujo valor varia de acordo com o modelo do disco rígido.

A recuperação de dados de HD fazendo ruídos (batendo cabeça) é um dos mais difíceis e complexos na área de recuperação de dados. Infelizmente o índice de sucesso não é das melhores, mesmo que o HD não tenha sido violado. Cerca de 50% dos casos recebidos tem solução.

Quando você precisar recuperar dados de HD com total segurança, entre em contato conosco. Nós possuímos o know-how, as ferramentas e a experiência técnica para recuperar seus dados. Quando você não puder arriscar seus dados, escolha a E-RECOVERY para recuperar dados de HD batendo cabeça!

Rolar para cima