fbpx

Como escolher um HD externo?

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

Embora o armazenamento em nuvem seja conveniente, não é garantido que estará ao seu alcance para sempre. Eventualmente, passaremos do armazenamento em nuvem para algo que ainda não imaginamos. Até então, transferir cópias de seus arquivos para uma unidade externa é apenas uma boa prática.

Por que criar um backup? Para garantir que todas as suas informações vitais estão seguras e protegidas, não importa o que aconteça com seu computador ou conexão com a Internet. Envie tudo para uma unidade externa e use a nuvem como fonte secundária. Mas com toneladas de opções agora disponíveis, por onde você começa? Continue lendo para descobrir como escolher uma unidade externa para ter mais tranquilidade.

Ao comprar um HD externo, há muitos fatores a serem considerados. Você pode ficar confuso com as diferenças entre os produtos ou com as muitas siglas que as lojas usam. É por isso que criamos este guia para você escolher o melhor HD externos para as suas necessidades.

DIFERENÇAS ENTRE HD INTERNO X HD EXTERNO

Uma das principais coisas a serem observadas sobre os HDs externos é a sua diferença em relação aos HDs SATA internos. Ambas são unidades de armazenamento para um computador, mas são usadas de maneiras diferentes. Os discos rígidos internos são montados na placa-mãe de um computador e não podem ser facilmente removíveis do equipamento. Essas unidades também são usadas para armazenar o sistema operacional, aplicativos instalados e os dados de trabalho do usuário. 

Ao contrário dos discos internos, os discos externos são independentes e podem ser removíveis de um computador com facilidade. Eles também não são dedicados a nenhum computador em específico mas, em vez disso, são independentes e podem ser usados com outros equipamentos, desde que suporte o sistema de arquivos da unidade (NTFS para Windows, HFS+ ou APFS para Mac ou EXT para Linux).

Os discos externos são envoltos em uma estojo plástico ou metálico protetor que evita que sejam danificados durante o seu uso. Provavelmente, a maior diferença entre os dois tipos de unidade é a conexão do cabo que eles usam para transferir informações de e para o computador. Os HDs internos geralmente usam um conector SATA que se conecta diretamente à placa-mãe. 

TIPOS DE CONEXÕES DE HD EXTERNO

Os discos rígidos externos podem usar várias conexões diferentes, como:

  • USB
  • USB Type-C
  • eSATA
  • Firewire 
  • Thundebolt

Uma coisa que poucos sabem, é que muitos HDs externos tem em seu interior uma unidade SATA padrão de notebook. A única diferença é que eles possuem um adaptador SATA-USB que faz a conversão. Os HDs externos de 2,5 polegadas mais recentes são diferentes. Atualmente, eles não tem mais este adaptador e a placa lógica do HD interno utiliza nativamente um conector USB. 

Cada uma dessas portas oferece ao usuário uma velocidade específica de leitura / gravação e você deve levar isso em consideração quando estiver comprando uma unidade. Se você está procurando reduzir o tempo que leva para as informações serem gravadas ou lidas da unidade, você deve escolher uma unidade que ofereça velocidades de leitura / gravação mais rápidas e RPMs mais altos para HDs. 

CAPACIDADE DE ARMAZENAMENTO

Provavelmente, a especificação mais importante a se considerar ao comprar uma unidade externa é o espaço de armazenamento. Não adianta comprar um dispositivo de alta velocidade com criptografia e acesso por wireless se não for grande o suficiente para armazenar suas informações. Você também não quer pagar caro por uma unidade que nunca vai chegar perto de encher.

Qual é o melhor tamanho então? Isso depende de você. Se você deseja um dispositivo que seja bom para transferir documentos, fotos ou outra mídia de um dispositivo para outro, ou apenas deseja expandir o espaço de armazenamento do seu laptop ou tablet de baixo custo, uma unidade de 1 ou 2 TB pode ser ideal .

Se estiver interessado em armazenar muito mais ou manter arquivos e pastas por muito tempo, você desejará algo com mais capacidade. Uma unidade de 6 TB ou mais deve atender à maioria das necessidades em um futuro próximo. Ainda assim, se você imagina armazenar centenas de filmes – talvez você tenha copiado sua coleção de DVDs – ou simplesmente não quer ficar sem espaço, existem unidades disponíveis hoje que oferecem dezenas de 18 TB de espaço com a utilização de 2 ou mais discos configurado em RAID.

Se você deseja apenas uma unidade externa para backups armazenados em sua casa, os dispositivos de armazenamento conectado à rede (NAS) podem ser uma aposta melhor. Eles normalmente funcionam como um dispositivo com fio independente em sua rede local, reunindo várias unidades e modos de armazenamento. Promise Technology, QNAP e Synology são apenas alguns dos fabricantes especializados em dispositivos NAS.

TIPOS DE HD'S EXTERNOS

Agora que você tem uma noção do que está comprando, a próxima grande coisa a se considerar é que tipo de disco rígido externo você deve comprar. Existem três tipos de disco rígido externo que você verá, e cada um tem suas próprias vantagens e desvantagens.

HD EXTERNO DE 2.5 POLEGADAS – Os discos rígidos externos de 2,5 polegadas contêm discos menores, são leves, usam menos energia e são altamente portáteis. Seu tamanho reduzido e portabilidade oferecem muitas vantagens. As desvantagens incluem um tamanho de cache menor, RPMs mais baixos e menos espaço de armazenamento. Normalmente as pessoas usam essas unidades para armazenamento portátil, mas se você estiver salvando arquivos de mídia (imagens ou vídeos) em unidades de armazenamento como esta, você pode rapidamente ficar sem espaço. Tudo isso depende do tamanho dos arquivos e da frequência com que você adiciona mais informações ao disco, mas por segurança, você provavelmente deve comprar algo com mais capacidade de armazenamento.

HD EXTERNO DE 3.5 POLEGADAS – Às vezes chamados de HDs externos de desktop devido ao seu tamanho, esses discos rígidos externos têm discos giratórios de 3,5 polegadas (também conhecidos como pratos de disco) onde os dados são armazenados. Ser fisicamente maior significa que o tamanho dessas unidades é consideravelmente maior do que os HDs externos portáteis e, normalmente, as pessoas os mantêm fixos ao lado de seu computador como armazenamento de backup. Essas unidades têm altas capacidades de armazenamento e são freqüentemente usadas por pessoas que armazenam horas de produção de vídeo, milhares de fotos de alta resolução ou procuram uma solução de armazenamento RAID ou NAS (quando tem mais de 2 discos). 

DISCOS EXTERNOS DE ESTADO SÓLIDO (SSD) – Unidades de estado sólido externas são uma tecnologia mais recente do que os HDs, e armazenam dados em chips de memória (estado sólido) em vez dos tradicionais discos giratórios. Eles são leves, mais rápidos e menores do que a maioria dos HDDs. Eles também estão menos sujeitos a danos físicos se forem derrubados ou sofrerem um forte impacto. Entretanto, os SSDs externos podem ser mais caros do que os HDs externos e, se você pretende gastar menos dinheiro obtendo o máximo de capacidade de armazenamento possível, essa opção pode não ser para você.

VANTAGENS DO HD EXTERNO

  • PORTABILIDADE – Os discos rígidos externos são leves e cabem em quase todas as mochilas ou maletas de viagem. Para pessoas que costumam viajar em aeroportos, carros, trens, etc., um HD externo é uma solução excelente que fornece espaço de armazenamento adicional para seu computador sem ter que depender de Internet para se conectar aos seus dados armazenados na nuvem.
  • CONECTIVIDADE FÁCIL – Discos rígidos externos podem ser facilmente conectados a qualquer computador com portas compatíveis. Alguns até oferecem várias opções de conexão de portas, tornando-os ainda mais compatíveis.
  • CUSTO-BENEFÍCIO – Os discos rígidos externos são uma forma barata de expandir o espaço de armazenamento sem ter que gastar dinheiro com a atualização dos componentes internos do seu computador.
  • FÁCIL DE USAR – Os discos rígidos externos são muito fáceis de usar. São dispositivos do tipo plug-and-play, bastando conectá-los ao seu computador.

DESVANTAGENS DO HD EXTERNO

  • EFICIÊNCIA – Para alguns, salvar arquivos ou dados em vários locais distintos, ou ter vários locais para armazenar informações diferentes pode ser ineficiente. Se você prefere um local de armazenamento centralizado, um ou vários discos rígidos externos não são para você.
  • DESORDEM NA MESA – Alguns discos rígidos externos podem ser grandes e volumosos. Se você é alguém que não tem muito espaço na mesa para uma unidade ou simplesmente não quer mais desordem em sua mesa, então ter mais uma coisa para ocupar espaço pode não ser muito atraente.
  • MAIS UMA COISA PARA CARREGAR – Se você é uma pessoa que está constantemente se movendo de um lugar para o outro, ter mais uma coisa para controlar pode ser um pouco demais. Se este for o seu caso, considere o armazenamento em nuvem ou expandir a capacidade interna de armazenamento do seu computador para que você não precise carregar mais do que o necessário.
  • APARÊNCIA / DESIGN – Para alguns, o estilo ou design de um disco rígido é muito importante. Talvez o revestimento externo da unidade não se encaixe no design interior do seu escritório. Se você se preocupa com isso, certifique-se de que o que você está comprando seja compatível com suas preferências.

QUAL A UTILIDADE DO HD EXTERNO?

Para que você pode usar um disco rígido externo? A esta altura, você provavelmente tem uma boa ideia do que está procurando, mas pode estar um pouco confuso sobre por que precisa ou para que usará um HD externo. Os casos de uso de discos rígidos externos são extensos, mas alguns dos mais comuns que vemos estão abaixo.

BACKUP DE DADOS – Quando estiver trabalhando em um projeto ou conduzindo qualquer tipo de pesquisa, você deve ter backups redundantes que irão evitar que você perca qualquer um de seus dados ou informações. Se um ou mais de seus discos rígidos internos morrem, é um grande alívio ter cópias armazenadas em discos externos. Se você é um pesquisador científico que passou anos pesquisando algo, ter todas as suas informações armazenadas em um disco rígido externo é quase obrigatório.

TRANSFERÊNCIA SEGURA DE ARQUIVOS – Embora indiscutivelmente não seja a maneira mais segura de transferir arquivos de um computador para outro, algumas pessoas podem não preferir soluções de armazenamento em nuvem ou transferência de arquivos de rede porque essas são opções de armazenamento menos seguras do que salvar todas as informações confidenciais em uma unidade externa criptografada. Discos rígidos externos são uma boa maneira de salvar todas as informações confidenciais em uma fonte de armazenamento que é 100% criptografada e só pode ser lida por alguém que tenha as credenciais necessárias. Unidades menores também são fáceis de transportar do ponto A ao ponto B e podem ser muito discretas. A única desvantagem disso é que ser pequeno significa que eles podem ser roubados ou perdidos. 

ATIVIDADES COMUNS PARA ESTUDANTES – Como estudante, você está constantemente lidando com tarefas como ensaios, artigos de pesquisa, análises estatísticas, etc. Você tem um notebook, mas precisa de uma maneira fácil de transportar tarefas ou documentos importantes para lugares como a biblioteca ou computadores da sala de aula, reuniões de projeto em grupo , ou o escritório do seu professor. Laptops podem ser pesados e nem sempre a melhor maneira de transportar arquivos de um lugar para outros. Além isso, são muito caros e sempre há o risco de serem roubados quando você não estiver por perto. Um HD externo é a alternativa perfeita que oferece a mesma portabilidade de um laptop sem os mesmos riscos.

ARMAZENAMENTO DE INFORMAÇÕES CONFIDENCIAIS – Todos nós temos arquivos que precisam ser mantidos super-protegidos por muitos anos. Discos rígidos externos, especialmente unidades de estado sólido, são uma excelente maneira de armazenar grandes quantidades de informações por anos sem a necessidade de se preocupar em perder os arquivos ou a unidade. Eles também são uma maneira muito econômica de armazenar digitalmente informações que, de outra forma, poderiam ser mantidas em pastas de arquivos físicos em estantes. Algumas das coisas que você pode querer ter uma cópia digital nos próximos anos são:

  • Declarações de Imposto de renda
  • Documentos financeiros importantes como extratos bancários, faturas, recibos, etc.
  • Documento médico como certidões de nascimento, exames ou receitas médicas, etc.
  • Documentos de trabalho
  • Títulos, ações ou outros documentos de propriedade
  • Documentos Acadêmicos como diplomas ou certificados
  • Fotos ou vídeos de família
  • Vídeos de Família
  • Contratos de imóveis
  • Testamentos ou outros documentos de relações de confiança

Ainda está em dúvidas para comprar um novo HD externo? Quanto antes você adquirir e configurar o disco rígido externo correto, mais cedo protegerá seus dados. Se não o fizer, corre o risco de perder os seus arquivos digitais mais preciosos.

Se você já sofreu uma falha no disco rígido e não fez backup de suas informações, entre em contato com um especialista em recuperação de dados para avaliar o seu HD externo. Os dados que você acha que estão perdidos para sempre podem ser recuperáveis. Consulte um especialista qualificado em recuperação de dados para descobrir o que pode ser recuperado. E comece a fazer backup regularmente!

A E-RECOVERY é uma das empresas mais capacitadas de recuperação de dados do Brasil e podemos ajudá-lo quando você ou a sua empresa sofrer uma perda de dados. Com mais de 15 anos de mercado, recuperamos dados de HDSSDRAID e outros dispositivos. Consulte-nos para um orçamento sem compromisso quando você perder seus arquivos e precisar recuperá-los!

Rolar para cima