fbpx

Problemas de superaquecimento em SSDs M.2 NVMe

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

Com a introdução dos discos SSD M.2 NVMe, os usuários de computador com necessidade de máximo desempenho, como gamers,  fotógrafos ou que trabalham como edição de vídeo estão percebendo que estas unidades oferecem uma velocidade impressionante em relação aos HDs e SSDS padrão SATA. 

Entretanto, este tipo de SSD pode apresentar problemas após 1 ou 2 anos de uso contínuo. Por que isto acontece?

Os SSD\’s NVMe são aproximadamente do tamanho de um pente de memória de notebook, e são montados diretamente em conectores embutidos nas placas-mães dos computadores. Por uma questão de espaço, os slots para conexão de SSDS NVMe ficam na parte inferior das motherboards, local onde a refrigeração deixa a desejar. 

E calor excessivo em componentes eletrônicos nunca é uma coisa boa, especialmente quando se trata de armazenamento. 

Se o gabinete do computador for muito pequeno, ou o local onde o SSD NVMe não tenha uma refrigeração adequada, há uma probabilidade de que periféricos que produzem muito calor (como placas de vídeo) aumentem ainda mais a temperatura ambiente, levando a mais falhas no seu SSD NVMe.

Na verdade, considerando o quão quente estes dispositivos ficam, os fabricantes deveriam fornecer dissipadores de calor adequados, com instruções específicas para mantê-los sempre frios. A temperatura ideal de funcionamento é de 0 ºC até 70 ºC. mas um SSD NVMe pode chegar facilmente a 100 ºC se você estiver usando um aplicativo que faz uso intensivo do dispositivo!

As unidades SSD são mais confiáveis do que os HDs mecânicos tradicionais a longo prazo e podem não ser danificadas ao cair, mas isso não significa que sejam à prova de falhas. Todo tipo de armazenamento falha, é apenas uma questão de tempo. 

Se a sua unidade falhar, a recuperação de dados desses novos SSDs vai custar caro, já que poucos laboratórios têm o equipamento certo para fazer isso. E o suporte é parcial, ou seja, nem todos os modelos poderão ser recuperados. É por isso que fazer backup de seus dados é fundamental.

Este tipo de dispositivo é ótimo para carregar o sistema operacional e aplicativos rapidamente, bem como para arquivos com os quais você está trabalhando naquele momento. Mas armazenar arquivos críticos neles não é uma boa opção. Se o seu computador tiver espaço, instale um SSD NVMe apenas para o sistema operacional e aplicativos e use um HD ou SSD SATA para armazenar os seus arquivos.

Se você decidir usar qualquer unidade SSD (não importando o formato) em seu computador porque são extremamente rápidas em relação a um HD tradicional, você deve planejar uma solução de backup completa e funcional. É comum encontrar fotógrafos que só usam seus Macs ou notebooks Windows para suas necessidades de pós-processamento, e é chocante ver como nunca fazem backup de nada, apenas armazenando seus fotos e vídeos na mesma unidade.

Agora que você sabe que o calor é inimigo do seu SSD NVMe, tome as precauções necessárias para evitar a perda dos seus arquivos. Mas, se apesar de todos os cuidados você precisar recuperar dados do seu SSD, entre em contato com a E-RECOVERY e solicite um orçamento para o Serviço de Recuperação de Dados de SSD.

Rolar para cima