fbpx

É possível recuperar arquivos sobrescritos?

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

A exclusão acidental de arquivos é um dos cenários mais comuns de perda de dados de HD e SSD. Ao contrário da crença popular, os sistemas operacionais modernos não sobrescrevem imediatamente os arquivos excluídos em circunstâncias normais. Quando os usuários de computador excluem arquivos, o Windows, Mac OS e outros sistemas operacionais apagam as entradas correspondentes do diretório de arquivos. 

O computador substituirá o conteúdo real dos arquivos excluídos ao gravar novos dados, mas até este ponto, os usuários podem recuperar os arquivos com a ajuda de um software ou um serviço profissional de recuperação de dados. Os fatores que afetam as taxas de sucesso de recuperação de dados para arquivos excluídos incluem:

  • Tipos de arquivos apagados
  • Tamanho dos arquivos excluídos
  • Sistema de arquivos (NTFS, EXT, HFS+, APFS)
  • Sistema operacional (Windows, Mac OS, Linux)
  • Tipo de mídia
  • Comando TRIM ativado ou não (SSD)

Especialistas em recuperação de dados geralmente podem reconstruir arquivos parcialmente sobrescritos. Embora as taxas de recuperação de dados sejam mais altas para dispositivos com substituições mínimas, uma abordagem individualizada para cada caso aumentam as chances de sucesso. 

AUMENTANDO AS CHANCES DE RECUPERAÇÃO DOS DADOS APÓS O APAGAMENTO

Se você acidentalmente excluiu um arquivo, deve tomar algumas precauções imediatamente para não piorar ainda mais o cenário de perda de dados. A primeira coisa a se fazer é desligar imediatamente o computador. Os computadores leem e gravam dados constantemente durante a operação e, quanto mais tempo um computador funcionar após uma exclusão de um arquivo, maiores as chances de perda definitiva dos dados.

Nunca instale nenhum software ou mova nenhum arquivo para o volume afetado. Tenha cuidado ao usar ferramentas como CHKDSK e jamais instale qualquer tipo de software de recuperação de dados na própria unidade atingida. O procedimento mais seguro é sempre manter o dispositivo desligado até que você possa obter uma avaliação de uma empresa de recuperação de dados profissional.

COMO OS DADOS SÃO ARMAZENADOS EM UM HD / SSD

Freqüentemente nossos clientes nos perguntam se é possível recuperar dados sobrescritos e como realizar essa tarefa. Primeiro, vamos dar uma olhada em como os dados são armazenados em um dispositivo de armazenamento de dados. Atualmente, existem dois tipos principais de dispositivos de armazenamento: unidades de discos rígido tradicionais (HD) e unidades de estado sólido (SSD) mais recentes.

  • HD – Os discos rígidos usam armazenamento magnético para guardar e recuperar dados. Suas cabeças magnetizam uma fina película magnética em pratos giratórios. Mudanças na direção da magnetização representam “0” e “1” nos dados armazenados. Quando um novo dado é escrito sobre o antigo, a direção da magnetização é alterada de acordo com os novos dados, e não há como recuperar os dados anteriores. 
  • SSD – Eles armazenam cargas elétricas em suas células internas. Antes que novos dados possam ser gravados em uma célula, eles precisam ser descarregados, o que significa que os dados anteriores são perdidos. Para complicar ainda mais a situação, os SSDs utilizam um método complexo de exclusão e gravação. Você pode ler mais sobre a recuperação de arquivos de dispositivos SSD em nosso artigo Como o comando TRIM afeta a recuperação de dados em um SSD.

Embora esses dois dispositivos de armazenamento sejam diferentes em seus princípios operacionais, eles têm uma coisa em comum: uma vez que os dados são sobrescritos, eles desaparecem. Para sempre. Agora vamos ver como tudo isso afeta a recuperação de arquivos.

RECUPERAÇÃO DE DADOS SOBRESCRITOS

Todos os sistemas de arquivos modernos armazenam as informações sobre o arquivo, como seu nome, registros de data / hora e outras informações separadamente de seu conteúdo principal. Há várias razões para fazer isso, sendo o gerenciamento de espaço a principal delas. Além disso, um arquivo pode ser armazenado em fragmentos para melhor utilização do espaço livre. 

Quando um sistema operacional contemporâneo exclui um arquivo, ele apaga parcial ou completamente as informações sobre o arquivo, mas o conteúdo do arquivo permanece intacto. O arquivo pode, portanto, ser recuperado mesmo quando suas informações forem completamente excluídas, desde que o arquivo não esteja fragmentado e não seja sobrescrito.

Se o arquivo for sobrescrito, os novos dados sobrescreverão os antigos, e ele não pode ser recuperado. O novo arquivo pode ter o mesmo nome e tamanho, mas o conteúdo será novo. É assim que os programas de limpeza de arquivos destroem completamente os arquivos impossibilitando qualquer recuperação.

Não confunda este caso com partições formatadas, onde apenas as informações sobre arquivos e pastas são perdidas, enquanto o conteúdo dos arquivos permanece intocado e pode ser recuperado em algum grau. Quando uma partição inteira é formatada, um novo sistema operacional é instalado ou uma imagem do sistema é restaurada incorretamente, os dados da nova partição sobrescrevem parcial ou totalmente os dados que existiam.

Quase sempre esse processo sobrescreve completamente as informações dos arquivos, mas pode manter alguns dados da partição anterior intocados. Alguns arquivos podem ser recuperados da área intocada usando a pesquisa de arquivos que existiam por extensão (recuperação em modo RAW).

Mesmo que os dados não tenham sido sobrescritos, a recuperação de dados em SSDs com comando TRIM ativado é praticamente impossível. Pelas características das memórias flash, todo o espaço ocupado por um arquivo deletado é realmente apagado do SSD. Isso é feito assim que o SSD ficar disponível, ou seja, se perceber que apagou um arquivo desligue imediatamente o computador pelo botão ON/OFF, e não pelo comando SHUTDOWN do sistema operacional. 

Se for um arquivo grande, como um banco de dados ou vídeo, talvez o sistema operacional não tenha tido tempo suficiente para apagar realmente os dados anteriores, e uma recuperação parcial seja possível. Quanto mais tempo passa, as chances de sucesso diminuirão cada vez mais. Se você continuar com o computador ligado por mais de 5 minutos, é praticamente certa a perda permanente dos dados.

Se você formatou o seu HD / SSD acidentalmente, ou apagou dados importantes, desligue imediatamente o computador para aumentar as chances de recuperação. Em tais situações, uma empresa especializada em recuperação de dados como a E-RECOVERY poderá ajudar você a recuperar os seus arquivos perdidos!

Rolar para cima