HD / SSD em formato RAW

Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Você sabe o que significa quando uma partição de um HD ou SSD aparecem como RAW no gerenciamento de disco do Windows, ou no utilitário de disco do Mac?

RAW é um estado em que determinada partição do disco não contém um sistema de arquivos válido.

Não importa para o sistema operacional se ele está faltando, como no caso de SSD ou HDs novos. Ou, foi corrompido, por exemplo quando acontece uma queda na energia elétrica ou problemas no disco.

Nestas situações, o computador não é capaz de identificar o sistema de arquivos existente (NTFS, exFAT, HFS+, APFS, EXT) e a maneira como os arquivos são armazenados no disco.

Este tipo de problema impossibilita acessar os dados gravados no HD, e muitas vezes o sistema operacional pode sugerir que você formate a partição. Nunca faça isso se você não quiser perder seus dados!

O termo RAW também pode ter um significado ligeiramente diferente quando usado em outras situações, o que não deve ser confundido com o modo RAW de HDs e SSDs:

  • Dados RAW – um conjunto de dados em estado bruto, que não foi modificado e que não sofreu nenhum processamento ou modificação após ser obtido da fonte.
  • Arquivos RAW – um formato digital comum de imagens produzido por uma câmera digital ou scanner contendo informações de pixels exatamente como foram recebidas do sensor, sem quaisquer ajustes ou compressão. Ex: formatos NEF da Nikon e CR2 da Canon.

POR QUE O DISCO INTEIRO / PARTIÇÃO APARECEM COMO RAW?

Esse problema geralmente aparece quando o sistema operacional não consegue reconhecer um sistema de arquivos. E, portanto, não consegue montá-lo. Aqui podemos distinguir duas situações:

1 – Uma partição aparece como RAW – Quando uma única partição começa a aparecer como RAW, e as outras estão normais, isso pode ser explicado por um dos seguintes motivos:

  • O sistema de arquivos não é compatível com o SO – O sistema operacional em execução pode não suportar o sistema de arquivo. Geralmente isto ocorre quando o HD ou SSD é compartilhados entre ambientes diferentes. Os drivers disponíveis não podem montá-lo adequadamente, de modo que o usuário não consegue acessar seus arquivos. Nesse caso, o uso de um sistema operacional compatível provavelmente resolverá o problema. Por exemplo, um disco externo formatado em APFS pode aparecer em modo RAW quando conectado no Windows.
  • A estrutura do sistema de arquivos foi danificada – Cada partição contém alguns registros vitais que determinam seu tipo, localização no disco, etc. Por exemplo, um registro de inicialização de volume está gravado no primeiro setor de cada partição, e contém o código necessário para começar o processo de inicialização do disco. Se alguns desses registros sofrerem danos graves causados por mau funcionamento do software, ataque de vírus, erro do usuário, falha de energia ou ejeção inadequada do dispositivo, uma partição não pode ser lida corretamente e é tratada como RAW. O uso de utilitários de reparo de disco, neste caso, coloca os dados perdidos em risco e não é recomendado se o armazenamento conter dados importantes.
  • Uma partição é parte de um volume estendido ou RAID – Na maioria dos casos, os dados de um volume complexo são divididos em várias unidades para desempenho máximo. No entanto, um membro destes sistema não é necessariamente o HD inteiro. Uma determinada partição pode ser designada para fazer parte do RAID / volume estendido, enquanto o espaço restante pode ser usado como um armazenamento isolado. Sem estar configurada com o resto dos componentes de um sistema de armazenamento complexo, essa partição não pode ser lida corretamente e pode ser considerada como RAW pelo sistema operacional.
  • Setores defeituosos (bad blocks) no HD ou SSD – Os setores defeituosos podem aparecer por causa de desgaste na mídia magnética, queda acidental ou choque violento no dispositivo. Alguns setores defeituosos geralmente não impedem o funcionamento do dispositivo. Eles são simplesmente marcados pelo sistema como indisponíveis para armazenamento de dados. No entanto, quando eles começam a aparecer nas áreas principais da unidade, ele começa a funcionar de modo intermitente. O disco pode ficar muito lento, parar de responder ou aparecer em RAW mode. Nessa situação, antes de fazer qualquer tentativa de recuperação, é importante clonar todo o disco para evitar sua falha total durante o procedimento.

COMO RECUPERAR ARQUIVOS DE HD / SSD EM MODO RAW?

Em primeiro lugar, é importante evitar a formatação do disco, apesar das notificações do sistema operacional. Esta operação apagará as informações relacionados às estruturas do sistema de arquivos, complicando ou impossibilitando processo de recuperação.

Se o disco estiver íntegro, é possível reconstruir o MFT (Master File Table). MFT é a principal estrutura do sistema NTFS, armazenando as localizações de todos os arquivos e diretórios. Após sua reconstrução, é possível ter acesso novamente aos dados perdidos.

Caso a causa do problema sejam bad blocks, será necessário a utilização de equipamentos especiais de clonagem chamados de ‘imagers’. Toda boa empresa de recuperação de dados possuirá um ou mais destes tipos de aparelhos.

Quando você não quiser arriscar, consulte a E-Recovery para recuperar os arquivos de HD RAW!